Fãs de “Água Viva” se rebelam contra Canal Viva; Enquete é posta em dúvida

Agua-Viva-01

“Água Viva” está na disputa pela reprise no Canal Viva

Um grupo de telespectadores do Viva está promovendo uma cruzada contra o canal por assinatura. O motivo da polêmica é a votação popular para decidir qual será a próxima reprise da emissora.

Na enquete oficial, aparecem como concorrentes à exibição “Água Viva” (1980), “O Dono do Mundo” (1991), “Fera Ferida” (1993) e “A Indomada” (1997). Nas redes sociais, milhares de telespectadores se mobilizam para que “Água Viva”, a mais antiga entre as concorrentes, seja selecionada e exibida.

No entanto, de acordo com Daniel Castro (R7), esta parcela de fãs de novelas antigas crê estar sofrendo um boicote do canal, que estaria privilegiando tramas mais recentes e com tendência a terem maior audiência.

Além da presença de 3 novelas da década de 90 contra apenas a solitária “Água Viva”, telespectadores denunciam que o site oficial do canal deletou centenas de comentários, a maioria a favor de “Água Viva”. Seriam 16 páginas de comentários deletados pelo site, que desabilitou a opção de comentar.

“Parece que querem rejuvenescer o canal”, disse o telespectador Tom Dutra, que crê que o Viva ‘torce’ por “A Indomada”, que traz Adriana Esteves – em alta desde “Avenida Brasil” – como protagonista. Daniel Pilotto, criador de páginas no Facebook a favor da reprise de “Água Viva”, vai além e chega a falar em “maracutaia”:

“O canal está usando os recursos mais baixos para boicotar nossa escolha. Concluímos que apagaram os comentários do site por conta do grande número das declarações positivas sobre a possível volta de “Água Viva”, de forma que tememos que essa votação seja uma grande maracutaia e a novela já esteja escolhida”, disse.

Em resposta, o canal Viva nega as acusações de favorecimento, e afirma que a novela mais votada, seja ela qual for, será a reprisada e diz que a opção de comentários “foi desativada devido ao grande número de comentários ofensivos que acabavam por desvirtuar o tema proposto pela matéria e influenciar a votação”.