Por conta dos protestos, Globo altera sua programação e segue com plantão inédito

protestossp

No Rio, os manifestantes chegaram a 300 mil pessoas

Após ser vaiada e receber inúmeras críticas do Movimento Passe Livre, sendo acusada de proteger o Governo e a polícia dos manifestantes, a Globo vive um dia atípico nesta quinta-feira (20).

Por conta dos protestos por todo o Brasil, a emissora suspendeu boa parte de sua programação. A começar pelo jogo entre Espanha e Taiti, que acabou por não ser exibido. Em consequência disto, a reprise de “O Profeta” foi esticada até, aproximadamente, 17h. Patrícia Poeta entrou no ar às 15h45, direto da bancada do “Jornal Nacional”, com um plantão que durou até o começo do telejornal.

A emissora acabou não exibindo também as novelas “Flor do Caribe” “Sangue Bom”. Também foram suspensos os jornais locais. “Malhação”, que a principio não seria exibida hoje, teve seu capítulo iniciado às 17h33, porém, a exibição da novela teen não durou nem 20 minutos.

O plantão de hoje foi um dos maiores plantões da Globo, se não o maior já exibido. Às 19h50, William Bonner foi anunciado no “Jornal Nacional”, que foi levado até as 21h30. Logo após a grade da emissora voltou ao normal, sendo exibidas “Amor à Vida”“A Grande Família” “Pé na Cova” normalmente. Porém a cobertura dos protestos seguiu, no entanto, desta vez, por meio dos comerciais, apresentado por Christiane Pelajo na bancada do “Jornal da Globo”.

Anúncios