Antigas e históricas, novelas mexicanas do SBT chegam a vencer a Globo

usurpadera

Carlos Daniel Bracho e Paulina fizeram “A Usurpadora” encostar na Globo

Após um curto período fora do ar, as tramas mexicanas exibidas pelo SBT, chegaram a ser retiradas do ar, hoje se consagram como um dos carros-chefe da emissora.

Ontem, segunda-feira (06), não foi diferente. As quatro tramas mexicanas venceram a Record, e de quebra encostaram na Globo.

“Rosalinda”, exibida na faixa das 14h30, marcou 5.9 pontos de audiência, contra 5.7 da Record, que no horário exibia o milionário “Programa da Tarde”, apresentado por Ana Hickmann, Ticiane Pinheiro e Britto Jr.

A atração vespertina da Record, também foi derrotada pela inédita “Cuidado com o Anjo”, de 2007, e exibida na faixa das 15h15, que marcou 6 pontos, contra 5 do programa.

Reestreando na faixa das 16h15, “Rubi” surpreendeu marcando incríveis 8 pontos, contra 4 da emissora de Edir Macedo, e por fim, encostou na Globo que no horário marcou pontos.

Finalizando com chave de ouro, “A Usurpadora”, exibida após “Rubi”, exibia seu penúltimo capítulo, marcou surpreendentes pontos, contra apenas 5 da Record, e 11 da Globo. A trama que esta na sua quinta exibição na emissora, chegou a ter audiência superior à inédita da Record, “Balacobaco”, que marcou apenas pontos.

Em um futuro próximo, o SBT pretende reprisar novelas consagradas, como “Marimar”, com novelas mexicanas inéditas, porém, com atrizes já conhecidas pelo público brasileiro, como Gaby Spanic.