“Amor à Vida” mostrará a onda de violência em São Paulo

paloma e joachim

Juliano Casarré e Paola Oliveira no intervalo das gravações.

A cidade de São Paulo voltará ao horário nobre da Globo como cenário principal. A partir de maio “Amor à Vida”, próxima novela das 21h, que substituirá “Salve Jorge”, mostrará o lado sombrio da cidade.

A equipe da novela, sob o comando de Mauro Mendonça Filho, gravou em três dias cenas em que uma facção criminosa incendeia um ônibus com passageiros dentro.

A cena teve participação de Eliane Giardine e Malvino Salvador, que na trama vivem mãe e filho. Seus personagens passaram por maus bocados nas mãos da quadrilha. “Amor à Vida” tem autoria de Walcyr Carrasco.